Sonhar os sonhos de Deus e não os do mundo

"...não se deve ter medo de arriscar e cometer erros; devemos, sim, ter medo de viver paralisados, como mortos ainda em vida, sujeitos que não vivem porque não querem arriscar, não perseveram nos seus compromissos ou têm medo de errar."¹


Neste texto, quero que adentremos no âmbito dos sonhos, pois hoje em dia vivemos em uma sociedade que não nos permite sonhar. Digo com propriedade, pois como jovem vivi e vivo isso até hoje.


Como é difícil sonhar, pois o mundo já está com um "script" pronto de como devemos viver: nascemos; vivemos a infância, brincamos; vamos à escola, estudamos; vamos à faculdade; precisamos trabalhar muito; namoramos; casamo-nos, tem filhos. Às vezes, não necessariamente nesta ordem, porém tem que ter no máximo um único filho, porque ter mais do que isso, é um absurdo.


Na área profissional, depois da faculdade precisa-se de uma pós-graduação, depois é necessário um mestrado ou doutorado e por aí vai... As exigências para seguir esse roteiro são desgastantes e se você não seguir, será "excluído" do padrão que a sociedade impõe, você será o diferente e visto com maus olhos.

Não estou dizendo aqui, que fazer alguma dessas coisas seja algo ruim, o que estou questionando é: nós fazemos essas escolhas porque é um sonho nosso, porque nós queremos ou porque a sociedade te diz pra fazer?


E aqui, vamos mais a fundo, você já se perguntou quais são os seus sonhos? E um pouco mais além, você já se perguntou qual é o sonho de Deus para você?

O mundo costuma dizer que quando estamos em Deus, não podemos sonhar, na verdade eles colocam tanto limites nos nossos sonhos, que não podemos ir além, como o Senhor sonha para minha vida e para a sua.

Abaixo vamos ver um trecho do documento Christus Vivit do Papa Francisco para a Juventude:

138. O amor de Deus e a nossa relação com Cristo vivo não nos impedem de sonhar, não nos pedem para restringir os nossos horizontes. Pelo contrário, esse amor instiga-nos, estimula-nos, lança-nos para uma vida melhor e mais bela. A palavra «inquietude» resume muitas das aspirações do coração dos jovens.

Pois é, jovem, precisamos sonhar, estamos no tempo propício para isto. O jovem é aquele que tem força, determinação, alegria, ousadia, por isso se permita sonhar e deposite com confiança seu sonho no colo de Deus.

Já nos perguntamos por que nos desanimamos de sonhar?

Todas as coisas que vivemos hoje, são muito imediatas, queremos tudo para agora, as notícias chegam muito rapidamente e queremos também que nosso sonho se realize ontem, e se não acontecer, deixamos de lado e muitas vezes desistimos e começamos a ouvir aos outros que falam. E o que queremos é impossível e tal. Porém, dê uma conferida neste trecho do documento:

142. Devemos perseverar no caminho dos sonhos. Para isso, é preciso ter cuidado com uma tentação que muitas vezes nos engana: a ansiedade. Pode tornar-se uma grande inimiga, quando leva a render-nos, porque descobrimos que os resultados não são imediatos. Os sonhos mais belos conquistam-se com esperança, paciência e determinação, renunciando às pressas. Ao mesmo tempo, é preciso não se deixar bloquear pela insegurança: não se deve ter medo de arriscar e cometer erros; devemos, sim, ter medo de viver paralisados, como mortos ainda em vida, sujeitos que não vivem porque não querem arriscar, não perseveram nos seus compromissos ou têm medo de errar. Ainda que erres, poderás sempre levantar a cabeça e voltar a começar, porque ninguém tem o direito de te roubar a esperança.

Por isso, juventude, bora sonhar. Deus, Ele, nos ama. Ele é aquele tipo de Pai que quer dar tudo de melhor para o seu filho, com isso devemos pedir, sonhar com confiança, entregar em Suas Mãos e esperar. Com tudo isso encerro com uma provocação que o Papa vem nos trazer:

Jovens, não renuncieis ao melhor da vossa juventude, não fiqueis a observar a vida da sacada. Não confundais a felicidade com um sofá nem passeis toda a vossa vida diante dum visor. E tão pouco vos reduzais ao triste espetáculo dum veículo abandonado. Não sejais carros estacionados, mas deixai brotar os sonhos e tomai decisões. Ainda que vos enganeis, arriscai. Não sobrevivais com a alma anestesiada, nem olheis o mundo como se fôsseis turistas. Fazei-vos ouvir! Lançai fora os medos que vos paralisam, para não vos tornardes jovens mumificados. Vivei! Entregai-vos ao melhor da vida! Abri as portas da gaiola e saí a voar! Por favor, não vos aposenteis antes do tempo.

Referências:

¹ Exortação Apostólica pós- sinodal do Papa Francisco para a Juventude: Christus Vivit


Giovanna Muñoz

Vocacionada do Discipulado 2

Comunidade Católica Instrumento de Deus

LOCALIZAÇÃO

Casa Sede

 

R. Carmina Pasqui, 55 - Vila Dom Pedro II, São Paulo - SP, Brasil

Missão Parada Inglesa

Casa de Oração

 

Tv. Jonas Barbieri, 1 - Vila Maria Baixa, São Paulo - SP, Brasil

Missão Oásis da Imaculada

SIGA-NOS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Instrumento de Deus

(11) 2955-5806 | (11) 98781-4556 | secretaria@instrumentodedeus.com.br

Comunidade Católica Instrumento de Deus

Roberto Castilho Gandarez