Carisma

     Deus nos constituiu para: "Seguir Jesus Cristo com DISPONIBILIDADE, ALEGRIA e RADICALIDADE."

     Somos chamados a viver a mesma experiência de João Batista, que ao apontar o Cordeiro de Deus na vida de seus discípulos, tornava concreto seu testemunho, fazendo com que imediatamente o deixassem e passassem a SEGUIR JESUS. 

     A DISPONIBILIDADE é o desejo que trazemos de descobrir a cada instante onde o Mestre mora, para onde Ele nos deseja conduzir. Devemos estar sempre atentos às necessidades do povo e da Igreja, sempre discernindo a maneira de bem supri-las, que não pode ocultar e nem apagar o nosso ser “discípulo” e a essência do nosso carisma.  

     A ALEGRIA é estado de vida em que devemos permanecer. Pois Jesus Cristo é a fonte de toda nossa Existência. Em meios às adversidades da vida, é n’Ele em que confiamos os nossos sofrimentos. 

     A RADICALIDADE é para nós o que nos une à Igreja e seus ensinamentos. A palavra radicalidade vem de “radical”, que significa “raiz”. Estar enraizado aos ensinamentos e doutrinas da nossa Santa Igreja, sempre atentos e unidos á suas orientações, que nos vem pelo sucessor de Pedro, o Papa, por seus cardeais e bispos. 

     

     

Missão

     Buscamos viver nossa missão de “SER VOZ DE DEUS NO DESERTO DAS VIDAS” através de diversos apostolados, eventos, retiros e meios de comunicação. 

     Como Missionários, doamos nossa vida e nosso trabalho ao Senhor. Essa doação em espírito de alegria e oblação é o meio para santificação dos nossos afazeres. O trabalho santificado será o meio de manifestar ao mundo aquilo que vivemos na intimidade, Sendo Instrumento de Deus.

Nosso Sacramental

_MG_7179.JPG

Os discípulos em processo de formação receberão no primeiro ano a insígnia do Cordeiro em forma de medalha, representando o discípulo que se coloca no caminho para estar junto ao Mestre, assim como o Cordeiro sentado e atento ao que este tempo requer, aos pés do

Mestre, assim como o Cordeiro sentado e atento ao que este tempo requer, aos pés do Mestre e disponível para a Missão.  

        A insígnia é usada diariamente para que a pessoa recorde do seu compromisso e sua adesão ao Cristo. 

     No dia da Consagração aqueles que fazem este compromisso recebem a insígnia da Cruz sendo esta a representação da entrega total do consagrado ao Cristo que pela Cruz redimiu o pecado da humanidade. 

A Cruz do Consagrado

sacramental.png

Atrás dela encontra-se a inscrição “AGNUS DEI”, Cordeiro de Deus em latim, e o mesmo Cordeiro é talhado na parte da frente dentro do sol que, como significado da Luz que o Cordeiro, apontado por São João Batista representa para cada membro da comunidade.

“Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” Jo 1,29 

  O Cordeiro encontra-se em posição de alerta, atento, representando a disponibilidade do nosso carisma. 

  Do coração do Cordeiro saem duas vertentes onde jorram a água e o Sangue do Cordeiro que “tira o pecado do mundo” nos lavando e nos purificando com seu sangue e água. 

    Em cada lado do Cordeiro existe uma letra, referem-se a primeira e última letra da palavra Jesus Cristo em Grego. 

    As letras gregas Alfa e ômega estão inscritas em cima e abaixo respectivamente na cruz da insígnia, representa a natureza eterna de Cristo. 
   Os membros da Comunidade de aliança usarão o cordão branco e os membros da Comunidade de Vida usarão o cordão bege. Os membros que fizerem a consagração definitiva terão ainda a cor do cordão a ser definida.