• Comunidade Católica Instrumento de Deus

Ele está perto, não o vedes?

“A conversão é decisão pessoal, é um senso interior que me desperta para o sentido da minha vida.”


"Arrependei-vos porque o Reino dos Céus está próximo" Mt 3,2

Era assim a pregação de João Batista, afinal Jesus já estava próximo, aliás, entre eles. Estava ao alcance do olhar.


Aqueles que se aproximavam de João Batista eram interrogados sobre suas intenções: "Raça de víboras! Quem vos ensinou a fugir da ira que está por vir?” (Lc 3,7). Desta forma João Batista coloca em questão nossas reais intenções, se de fato estamos interessados em conversão ou se apenas é uma curiosidade ou uma moda, já que todos vão, eu vou também.


A conversão é decisão pessoal, é um senso interior que me desperta para o sentido da minha vida. E para aqueles que assim se sentem chamados à conversão, João ensina os passos de uma verdadeira conversão: a Caridade.

“Só há verdadeira conversão quando nossas obras mostram essa conversão no dia-a-dia, no ordinário da vida”. (Lc 3, 10-14)


São os pequenos atos, muitas vezes em segredo, que nos dão a medida de nossa conversão, afinal conversão nada mais é que tornar o nosso coração, nosso olhar à meta que interessa: O Reino de Deus.

Ele está perto, não o vedes?

Flávio Sá

Discipulado de 1° Ano

Comunidade de Aliança Instrumento de Deus