• @cominstrumentodedeus

Como as crianças desde muito cedo entendem e vivem a disponibilidade?


Esta pergunta só pode ser respondida quando olhamos as crianças e os adolescentes como são, ou seja, na sua especificidade. Os processos entre os dois grupos são distintos, porém interdependentes entre si, devido ao carisma que nos inspira.


Neste ano de 2021, temos em especial como inspiração a vida de São João Batista, um dos nossos baluartes, aquele que aponta o cordeiro e que para tanto devemos viver esta disponibilidade de levar este anúncio nos dias de hoje, onde for necessário.


Os temas, dos encontros deste primeiro semestre, foram inspirados pelo Espírito Santo que nos impulsionou a viver a disponibilidade, na oração, no estudo dos ensinamentos da Santa Igreja, nas catequeses e na vida dos Santos. Pautados no acolhimento presente, mas também virtualmente, na percepção do outro, na valorização da expressão e na subjetividade de cada criança e adolescente.


Temos como ponto principal, o dever de compreender cada um como pessoa, com conhecimentos diferentes e que podem e devem ser convidados a partilhar uns com os outros, onde cada um tem sua importância dentro do seu chamado desde o ventre.


As crianças são chamadas a participar ativamente da vida da comunidade, se envolvendo em experiências e se tornando agentes e parte desta união de irmãos, não somente por que os pais as levam, mas por que entendem sua pertença e função nesta missão.


Assim, vivem a disponibilidade na mesma intensidade que vivem a alegria da fraternidade, empoderam-se do espaço físico, mas também das necessidades de ser um Instrumento de Deus para a Igreja. Abraçam a missão sem questionar, se necessário cantam, produzem programas, servem na liturgia, fazem teatro, conduzem lives oracionais catequéticas, limpam, criam, exercem a caridade e a criatividade, tudo com muito amor.


Outro ponto essencial é a participação dos pais, que acreditam neste movimento do Espírito, e consequentemente passam esta crença para as crianças. É extremamente necessário que as crianças entrem neste processo de formação desde muito cedo.


Consideremos também, que aprender a viver em fraternidade, aprender a orar, aprender a ter disponibilidade para obra de Deus, necessita de bons exemplos em nossas famílias. As experiências vividas neste contexto são essenciais para a formação integral do cristão, viver é muito significativo para as nossas crianças e adolescentes, ao invés de encontros somente teóricos.


Enfim, acreditamos que as potencialidades da fé das crianças e adolescentes se manifestem nas pequenas tarefas em comunidade, assim gerando aos poucos a disponibilidade, tornando-os anjos anunciadores para outras crianças e adolescentes.


Missão Instrumento de Deus Kids

Gerando Adoradores e Anjos de Maria

Comunidade Católica Instrumento de Deus